#ClicoResponde, Finanças e Tributos

Clico Responde: como fazer o planejamento financeiro para 2015

como fazer o planejamento financeiro para 2015

Faça algumas perguntas básicas, ainda em 2014, para chegar no ano que vem com uma perspectiva sólida e embasada

Recebemos uma questão muito importante e que vale destaque no #ClicoResponde desta sexta-feira. Quem mandou foi a Beatriz:

“Olá, como faço meu planejamento financeiro para 2015?”

Beatriz, obrigado por encaminhar sua questão! Existem algumas particularidades de setor para setor de atuação, de tamanho e perfil da empresa, que ajudam a construir uma perspectiva sólida e embasada para o ano que se inicia.

A premissa é pensar 2015 ainda em 2014, de forma a garantir que janeiro não seja perdido. Quando for elaborar o projeto, faça a s seguintes perguntas:

– Quanto faturei em 2014? Quanto isso representa de crescimento em relação a 2013?

– Quanto o mercado no qual atuo deve crescer em 2015? (Busque informações em associações de classe e em pesquisas setoriais)

– Na estrutura atual que minha equipe tem, em termos de número de pessoas e qualificação profissional do time, quanto posso crescer em 2015?

– Vou querer entrar em um novo mercado? tenho todas as informações necessárias para embasar minhas decisões?

– Se precisar fazer investimentos para chegar à meta planejada, de quanto serão eles? como distribuí-los ao longo do ano? Você tem fluxo de caixa para isso?

– O resultado do investimento a ser feito e do objetivo a ser alcançado vai impactar de forma negativa em minha margem? Se sim, é algo temporário ou permanente?

–  Qual o desempenho mensal que devo ter em vendas para atingir minha meta? Esse desempenho mensal deve levar em consideração a sazonalidade.

– Eu sei quanto faturo mensalmente?

– Quais contas extras tenho a pagar neste ano? quais os eventos diferenciados que devem impactar no meu negócio?

– Sua equipe concorda com os números? quem está na operação diretamente tem uma visão mais prática da coisa toda. Converse com seus colaboradores e veja o que eles acham do plano e se têm sugestões a passar.

Ponha tudo isso em uma linha do tempo diária/mensal, considerando despesas fixas e valor potencial das variáveis. Seja muito, muito honesto com os números e jamais arredonde-os as potenciais despesas para baixo e os eventuais ganhos para cima. Metas realistas são mais fáceis de serem atingidas e não causam frustração.

é assim, pelo menos, que eu faço. Você tem alguma metodologia adicional? Compartilhe com a gente neste post!

 

Tem uma pergunta? o #ClicoResponde

You Might Also Like