Finanças e Tributos

Imposto de Renda 2014: o que o empresário precisa saber

Imposto de Renda 2014

Falei na semana passada que desde o dia 6 de março a Receita Federal receberá a Declaração do Imposto de Renda 2014 para Pessoa Física, ano-calendário 2013. Também comentei que não é porque você é empresário que não precisará fazer o preenchimento das informações e enviar seu formulário para o Fisco. Mas a pergunta que ficou sem resposta foi: como eu faço isso?

Como não entendo muito disso, fui buscar ajuda com a equipe do Conselho Regional de Contabilidade de São Paulo (CRC-SP). Foi lá que me indicaram a Cibele Costa, que é diretora administrativa da Organização Contábil Francisca de Paula e especialista em controladoria e gestão estratégica de negócios.

Primeiro de tudo, deve-se lembrar que declaramos neste ano o que aconteceu no ano de 2013, entre janeiro e dezembro. Portanto, se você abriu sua empresa neste ano, apenas em 2015 você deverá fazer a declaração.

O documento que mais vai lhe ajudar neste processo é o Informe de Rendimentos de sua empresa, que deverá ser disponibilizado pelo seu contador. “As informações são geradas durante o ano todo”, explicou Cibele.

Pró-labore e lucro

Cibele conta que na declaração do IRPF deverá ser informada, como rendimentos tributáveis, a retirada do pró-labore dos sócios. O pró-labore é como se fosse o salário, é a remuneração mensal que a empresa paga a seus sócios como serviços prestados, independentemente do lucro da empresa.

Já o lucro é a divisão dos ganhos entre os sócios. Este valor é processado pelo contabilista na escrituração contábil da empresa. É neste processo que é definido como será feita a divisão dos lucros da companhia (se ela será repartida entre os sócios ou se vai ser reinvestida). Este dado será informado dentro de rendimentos isentos.

Ainda, Cibele explica que na declaração de bens e direitos deve constar as cotas que ele possui da empresa (frações, por exemplo, no caso de sociedade).

Fique de olho: o prazo para declarar o imposto de renda é 30 de abril. Se você tiver alguma dúvida, mande para a gente comentando este post. Não esqueça: toda sexta-feira, o #ClicoResponde uma pergunta de leitor. 🙂

 

Tem uma pergunta? o #ClicoResponde

You Might Also Like