É verdade que não existe vírus para Mac?

É verdade que não existe vírus para Mac?

Não se engane: todos os dispositivos com conexão à internet estão ameaçados com malwares

 

Um colega meu disse, outro dia, que não compraria antivírus para sua empresa porque seus computadores eram Mac. Por serem da Apple, não corriam o risco de pegar malwares.

Eu respondi: “oi?”

Existe um mito de que apenas máquinas que rodam Windows são suscetíveis a vírus, worms e outras ameaças. Isso não é verdade.

O mercado de malware segue a lei de oferta de procura assim como em qualquer relação econômica: como há mais computadores com Windows por aí do que com OSX, o sistema operacional usado no Mac, há maior oferta de ameaças para a plataforma da Microsoft. Mas isso não significa que não haja risco para máquinas da Apple.

Dessa forma, tradicionalmente, sistemas baseados em Windows são mais buscados por cibercriminosos. No entanto, como o Mac ganhou popularidade, o volume de malwares afetando esse sistema operacional cresceu. Recentemente, por exemplo, a fabricante de software de segurança Palo Alto Networks encontrou a ameaça WireLurker, voltado para computadores e dispositivos móveis da Apple. A ameaça, de acordo com a empresa, foi baixada 356 mil vezes em apenas seis meses.

Por isso, não abra mão de proteger seu computador só porque ele, aparentemente, não é tão visado por cibercriminosos. Basta uma ameaça para você ter inúmeros problemas.

E, claro, não ignore atualizações automáticas e garanta que os recursos de segurança inclusos no seu Mac (firewall, criptografia FileVault) estejam em funcionamento. Evite downloads de sites ou fontes nas quais você não confie. Por fim, matenha seu antivírus sempre atualizado.

E então, você protege o seu computador?

Mateus Pinto
Mateus Pinto

Publicitário com 20 anos de experiência. Mateus é diretor de arte da Globalweb corp e Co-fundador da agência de Marketing Digital Neoside.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

0 comentários em “É verdade que não existe vírus para Mac?”

  1. A diferença é que o sistema Unix (do qual é feito MAC e Linux) possui uma estrutura clara e lógica sobre o que um software consegue fazer “sozinho” dentro do computador (ou seja, se comportar como um vírus).
    Diferente do Windows, que não existe isto, pois o sistema windows foi concebido para um mundo imaginário onde os usuários só iriam instalar programas comprados de empresas de softwares reconamadas (e estas jamais iriam querem abusar das permissões que todo e qualquer programa executável tem dentro do ambiente windows).

    No sistema UNIX, basicamente o usuário precisa dar uma senha para atingir pontos críticos do sistema, e certos comportamentos “abusivos” de um software simplesmente são impossíveis. Por exemplo, mesmo que a empresa que faz o Adobe Photoshop para Mac , queira transformar o seu programa no grande “virus” , o Adobe Photoshop não conseguiria fazer muitas coisas nocisvas dentro do ambiente UNIX, nada comparado ao controle total que ele poderia obter dentro do sistema Windows.

    O Windows foi aumentando a sua seguranca ao longo das versões, tentando “copiar” este comportamento do Unix, criando senha de administrador, UAC, etc…
    Mas para ser seguro como um UNIX, somente sendo recriado do zero.

    Existe virus para mac e linux? No sentido “virus” ou seja, um software que consegue se recriar sozinho, e toma total controle da máquina, não.
    Pode um programa de MAC ou Linux obter informações pessoais do usuário e inviar ilegamente para o hacker (como um ” virus” faria) ? Sim, mas somente se o usuário ignorar vários avisos do proprio sistema, toda vez que o software for tentar se inicializar sozinho por exemplo, ou antes disso, se o software desejar se tornar um item se inicialização ele Vai ter que pedir a senha do usuario.. Ou seja, não precisa de antivirus no MAC ou linux, é só não instalar o que vocé não quiser, pois nenhum software consegue se instalar sozinho, e automaticamente se transformar num serivço de sistema ou item de iniciliação, como eles conseguem fazer no windows (e por isso são chamados de viruts).

Assine nossa newsletter

Aprenda mais recebendo em primeira mão conteúdos que vão te ajudar a empreender usando os melhores padrões do mercado. Receba no seu e-mail o que você precisa saber para Planejar, Abrir, Gerenciar e Crescer!