Como saber quais indicadores de desempenho acompanhar?

Como saber quais indicadores de desempenho acompanhar?
Cristina Boner
Cristina Boner
Presidente do conselho @ Globalweb Outsourcing

Os indicadores de desempenho são ferramentas de gestão pelas quais a empresa consegue medir e acompanhar a própria performance nas áreas internas e externas, avaliando se as metas estabelecidas estão em harmonia com o retorno gerado de acordo com desempenhos individuais e coletivos.

Esses indicadores permitem mensurar todas as atividades que geram números ou valores, visando o desenvolvimento de objetivos mais realistas e a criação de estratégias de crescimento que resultem na expansão da empresa, com a identificação das oportunidades devido a mensuração constante dos resultados.

A melhor gestão administrativa é o que torna os indicadores de desempenho tão fundamentais, uma vez que é a partir da análise desses números que será possível estipular novas e mais ousadas metas. No post de hoje, eu vou mostrar para você quais são os melhores indicadores para acompanhar no seu empreendimento!

Quais indicadores de desempenho acompanhar?

Devido à importância dos indicadores de desempenho, é fundamental que você opte pelos dados que estejam mais alinhados com os objetivos estipulados inicialmente para o negócio. É exatamente nesse momento que a maioria dos pequenos e médios empreendedores que eu conheço têm dificuldade de decidir quais são as métricas mais relevantes para o negócio.

Mas não se preocupe! Para te dar uma mãozinha, separei oito indicadores relevantes independentemente do tamanho da empresa:

Indicadores estratégicos

Os indicadores estratégicos ajudam a definir qual o grau de concordância entre os objetivos da empresa, estabelecidos inicialmente, e os resultados obtidos até aquele momento, permitindo criar uma relação entre onde a empresa deseja estar e onde ela está de fato.

Indicadores de produtividade

A mensuração da produtividade permite estipular qual a relação entre as saídas geradas por um trabalho e os recursos utilizados no processo. É comum que a produtividade seja avaliada individualmente, analisando os resultados de cada colaborador, mas também é possível utilizar o indicar para mensurar a produtividade das equipes, como RH, atendimento, produção etc.

Indicadores de qualidade

A qualidade está relacionada à quantidade de saídas totais, ou seja, tudo o que foi produzido, com as saídas adequadas ao uso, representadas pelos produtos sem defeito na fabricação. Esse indicador permite identificar problemas na produção para que possam ser solucionados.

Indicadores de lucratividade

O indicador de lucratividade da empresa é a relação entre o lucro e as vendas totais, fornecendo a porcentagem de lucratividade gerada em cada negociação e também em um dado período analisado. Por exemplo: as vendas de uma empresa somaram R$ 500.000,00 e os lucros R$ 100.000,00, o que faz com que a taxa de lucratividade nesse caso seja de 20%.

Indicadores de rentabilidade

É importante que o empreendedor saiba que a lucratividade e a rentabilidade são fatores distintos e que ambos devem ser acompanhados. O indicador de rentabilidade é a diferença entre o lucro e o investimento aplicado pela empresa.

Indicadores de eficácia, eficiência e efetividade

  • Eficácia: relação entre os resultados obtidos e os resultados almejados;
  • Eficiência: relação entre os resultados obtidos e os recursos empregados (financeiros e materiais);
  • Efetividade: resultado da junção dos indicadores de eficácia e eficiência.

Esses três elementos são fundamentais para compreender onde a empresa se encontra, onde deseja estar e quais os recursos têm gasto na tentativa de alcança os objetivos estipulados, aumentando a segurança financeira.

Por que é fundamental estabelecer objetivos?

Vários indicadores de desempenho levam em consideração para a análise quais os objetivos foram inicialmente estipulados pela empresa. Para que os indicadores permitam compreender a realidade do negócio, entretanto, os objetivos precisam ser realistas e alcançáveis. Veja alguns fatores importantes para a criação do objetivo da empresa:

  • Ser factível com a realidade do empreendimento;
  • Deve implicar esforço, ou seja, não ser modesto demais;
  • Deve ser estipulado um período para que ele seja alcançado;
  • Precisa direcionar as estratégias da empresa.

Com os objetivos estipulados, exigindo um trabalho contínuo para que sejam alcançados, e o acompanhamento dos indicadores de desempenho, a pequena e média empresa terá mais condições de se tornar competitiva e aumentar a participação no mercado no qual atua.

Os indicadores de desempenho apresentados aqui permitirão que a empresa melhore a gestão de pessoas e de processos, melhorando os resultados alcançados! Gostou das minhas dicas?  Então assine a nossa newsletter e receba apenas os melhores conteúdos no seu e-mail!

Cristina Boner
Cristina Boner

Professora, brasileira, ex-funcionária pública, empreendedora, fundadora o Grupo TBA, Cristina foi pioneira no estudo das soluções Microsoft já em 1990 e, tornou-se detentora de notoriedade nos softwares produzidos pela Microsoft antes mesmo do lançamento do Sistema Operacional Windows para computadores pessoais.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Assine nossa newsletter

Aprenda mais recebendo em primeira mão conteúdos que vão te ajudar a empreender usando os melhores padrões do mercado. Receba no seu e-mail o que você precisa saber para Planejar, Abrir, Gerenciar e Crescer!