Estou com dívidas pessoais e na empresa. O que fazer?

Estou com dívidas pessoais e na empresa. O que fazer?
Mateus Pinto
Mateus Pinto
Co-fundador @ Neoside Agency

Quem nunca passou por isso? Empreender é se endividar, ao menos no começo das atividades.

Uma coisa super importante de se levar em consideração sobre endividamento é que você pode estar com débitos, mas sua empresa não. Contudo, o contrário nunca é possível: se sua empresa está com dívidas, elas são de sua responsabilidade, se não legalmente, moralmente.

O primeiro passo quando as dívidas ultrapassam o limite do aceitável é saber exatamente quanto você deve – tanto pessoalmente, quanto corporativamente. Use um papel e escreva, item por item, valor por valor, mesmo que seja pequeno e, aparentemente, insignificante.
Veja como está a projeção de receita de sua empresa: quanto você costuma faturar? Sobra? Empata? Falta? Você tem outras fontes de renda? De quanto? Ela dá conta de seus gastos pessoais? Empata? Falta?

Trate tudo separadamente. Contenha todos os gastos que forem supérfluos, tanto de sua empresa quanto de sua casa. Nada do que não tiver caráter essencial deve ser mantido.

Você tem bens que pode vender para acabar com as dívidas?  Se tiver, pode ser uma boa alternativa, porque pedir dinheiro emprestado é pagar juros ao banco. Mas nada de vender a própria casa e ir morar de aluguel. Tome decisões conscientemente!

Sobre as dívidas corporativas, negocie com seus fornecedores ampliação de prazos, abatimento de juros e um plano de pagamento que dure alguns meses. Se não der certo, vá até o gerente de sua conta corrente corporativa e veja um empréstimo com o mínimo possível de juros e encargos.

Do lado pessoal, faça a mesma coisa. Como os nossos fornecedores pessoais são o supermercado, o posto de gasolina, dificilmente você conseguirá uma negociação. Mas buscar o gerente do seu banco para falar sobre a dívida do cheque especial e do cartão de crédito é uma boa.

Avalie, com sinceridade, se o problema de entrada de dinheiro em sua empresa, sua principal fonte de renda, é passageiro ou permanente. E tome uma decisão a respeito.

Espero ter ajudado! Já passou por isso? Compartilhe sua experiência comentando este post.  E, se tiver dúvida, manda pra gente. Toda sexta-feira o #ClicoResponde a uma questão.

 

[button link=”https://guiaempreendedor.com/duvidas-de-como-gerir-sua-empresa-mande-para-nos-que-o-clicoresponde/” target=”blank” color=”8BC751″ icon=”fa-check” size=”large” tooltip=”Tire sua dúvida”]Tem uma pergunta? o #ClicoResponde[/button]

 

Mateus Pinto
Mateus Pinto

Publicitário com 20 anos de experiência. Mateus é diretor de arte da Globalweb corp e Co-fundador da agência de Marketing Digital Neoside.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

0 comentários em “Estou com dívidas pessoais e na empresa. O que fazer?”

Assine nossa newsletter

Aprenda mais recebendo em primeira mão conteúdos que vão te ajudar a empreender usando os melhores padrões do mercado. Receba no seu e-mail o que você precisa saber para Planejar, Abrir, Gerenciar e Crescer!