Empresa tradicional ou uma startup? Entenda qual é o modelo de negócios ideal

Empresa tradicional ou uma startup? Entenda qual é o modelo de negócios ideal

Nem toda empresa nasce igual. Isso porque tudo depende de quais são os planos que o empreendedor faz para ela. Você pode ter o desejo de abrir um negócio tradicional, como um restaurante, uma loja ou uma padaria. Mas se pretende adotar um negócio escalável, que permita o crescimento sem influenciar no modelo de negócios, talvez descobrir o que é startup e abrir uma seja mais aconselhável.

Os caminhos e as rotinas de cada um desses tipos de empreendimento são diferentes, e neste artigo eu vou explicar direitinho qual é a distinção entre um e outro. Você é empreendedor ou pretende abrir uma empresa? Então entenda qual é o modelo de negócios ideal para você!

Afinal, o que é startup?

Aposto que, nos últimos anos, você tem ouvido o termo com muita frequência. Jornais, publicações especializadas e até matérias sobre o mercado têm falado dessas pequenas que se tornam gigantes. Mas você sabe de verdade o que é startup?

Para começar, vamos analisar o termo. Em inglês, a expressão “start up” remete à ação ou processo de colocar algo em movimento. É o início de tudo, como a semente plantada. No mundo dos negócios, trata-se de uma empresa que dá os seus primeiros passos. No entanto, isso não significa que todo novo empreendimento é uma startup.

Esse modelo exige um elemento fundamental: escalabilidade. Essa é uma característica que faz com que o estabelecimento consiga atender a uma demanda cada vez maior, com padronização e sem aumentar os custos na mesma medida.

Se for preciso fabricar um produto, não dá para garantir que todos sairão iguais. Para completar, pedidos maiores elevarão os custos com matéria-prima, pessoal e assim por diante. Então, não há nada de escalável nessa etapa.

Por outro lado, um empreendimento que oferece um software para PMEs garante que o produto/serviço sempre será igual. Mesmo com mais gente interessada, na teoria, os custos não disparam. Isso é o que caracteriza um estabelecimento escalável.

Desde o seu nascimento, uma startup é projetada para crescer e ser uma grande empresa. Dito isso, você deve estar pensando: mas não é o que todo empreendedor quer para o seu empreendimento? A resposta é não.

Para ter um modelo de negócio escalável, também é necessário muito, mas muito trabalho e planejamento. E nem todo empresário visa isso para sua empresa. Alguns negócios são projetados para permanecerem pequenos e controláveis — e não há nada de errado nisso, preciso dizer.

No entanto, se você quer iniciar uma startup, deve ficar atento aos caminhos a serem percorridos. Em primeiro lugar, a startup surge, normalmente, por conta de uma oportunidade identificada, uma tendência, a descoberta da solução para um problema. Quanta responsabilidade, não é?

Para cumprir com os objetivos, um modelo de negócio escalável precisa de muito trabalho e investimento para dar certo. E, ainda assim, o risco é bastante alto, por se tratar de um negócio inovador.

As pessoas que trabalham em uma startup também vivem em um clima de incertezas e precisam ser bastante pacientes e persistentes para continuar se esforçando em prol do sucesso. Com relação aos investimentos, uma empresa com potencial inovador geralmente precisa sair em busca de investidores que apostam em uma ideia, produto ou serviço únicos.

E o empreendimento também tem que ser planejado de modo a crescer em receita, mas continuar com custos baixos — sem que isso influencie o modelo de negócios.

Entendeu o que é startup? Então continue lendo este post. A seguir, explicarei como funciona o modelo de negócios tradicional.

E a empresa tradicional?

Enquanto uma startup normalmente nasce motivada por uma oportunidade, a empresa tradicional surge pela necessidade. Por isso, todo seu planejamento é feito visando a sobrevivência e o retorno do valor investido.

O empresário e a equipe que trabalham em uma startup precisam dedicar muito tempo e esforço simplesmente para inserir um determinado produto ou serviço no mercado.

Um negócio tradicional também precisa de muita dedicação. Nesse caso, é preciso fazer um planejamento financeiro rigoroso, o gerenciamento de estoques, além de contratar funcionários que desempenham funções específicas e elaborar um plano de marketing direcionado para a clientela.

É um planejamento mais rígido que tem como resultado um crescimento menor. Isso não significa que o empreendimento não vá crescer. Mas como uma empresa tradicional encara menos riscos, a concorrência também é maior, então o crescimento, muitas vezes, é limitado.

Como desenvolver cada modelo de negócio?

No caso de um estabelecimento tradicional, o desenvolvimento é uma tarefa mais conhecida. Minha recomendação é começar pelo plano de negócios e identificar as necessidades de investimento, as oportunidades do mercado e a concorrência. Defina os diferenciais do empreendimento e como ele atenderá ao público com qualidade e eficiência. Assim, será mais fácil dar os primeiros passos.

Por outro lado, quando você decide aplicar os seus conhecimentos sobre startup e se tornar dono de uma, é preciso ter um pouco mais de cuidado. Lembre-se que os riscos são maiores e que a dinâmica do negócio é diferenciada. Então, a criação também exige uma atenção extra.

Para elaborar a sua startup, trouxe alguns conceitos que serão muito úteis. Confira!

Bootstrapping

O termo parece complicado, mas refere-se à abertura de um negócio com recursos próprios. Assim, abrir uma startup exige apenas que o dinheiro seja investido, sem contar com a ajuda de outros elementos.

Para tanto, é preciso economizar bastante e ter uma excelente previsão de custos. Como vantagem, você terá um controle maior sobre a empresa e um potencial de retorno elevado. Por outro lado, os riscos merecem atenção extra.

Investidor-anjo

Ainda não tem o necessário ou não quer investir o seu próprio dinheiro na startup? Esse não precisa ser um desafio! Nesse modelo de negócio é muito comum fazer rodadas de investimento. Nelas, os investidores aplicam certas quantias em troca do retorno e de parte da empresa.

investidor-anjo é uma pessoa física que aplica o dinheiro em novos negócios por acreditar em seu potencial. Além de oferecer os recursos, é comum que ele traga a experiência, os conselhos e o apoio na gestão.

Encontrar um investidor-anjo é uma ótima maneira de dar vida à sua ideia após entender o que é startup.

Tração

Após o planejamento, os investimentos e os primeiros resultados, é preciso crescer. A operação no mercado trará muitas informações e até mudanças na forma como a startup atua.

Em certo momento, deverá ocorrer a tração. Ela corresponde à transição entre uma startup e uma empresa tradicional. Esse é o período que eu chamo de tudo ou nada: se o negócio não conseguir se transformar em um empreendimento consolidado, então, provavelmente, sairá do mercado. Todos os esforços culminam nessa etapa e, por isso, é tão importante que os outros aspectos deem certo nas fases anteriores.

Depois de saber o que é startup, acredito que tenha ficado mais fácil entender a diferença entre esse modelo de negócio e um estabelecimento tradicional. Agora, sugiro arregaçar as mangas e avaliar qual é a melhor oportunidade para você. Dessa forma, é possível entender o que realmente funcionará para a sua ideia.

Não se esqueça de que todo empreendedor — seja de um negócio tradicional ou de uma startup — tem que se manter informado. Assim, para ficar sempre por dentro do assunto, assine minha newsletter e receba as principais novidades sobre o mercado em seu e-mail!

Mateus Pinto
Mateus Pinto

Publicitário com 20 anos de experiência. Mateus é diretor de arte da Globalweb corp e Co-fundador da agência de Marketing Digital Neoside.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

2 comentários em “Empresa tradicional ou uma startup? Entenda qual é o modelo de negócios ideal”

  1. Seria possível a identificação do autor do artigo ? Gostaria muito de trabalhar com algumas idéias para meu Artigo da graduação, e para isso necessito do nome para colocar como referencial teórico. Aguardo uma resposta para dar continuidade a idéia. Grato desde já!

Assine nossa newsletter

Aprenda mais recebendo em primeira mão conteúdos que vão te ajudar a empreender usando os melhores padrões do mercado. Receba no seu e-mail o que você precisa saber para Planejar, Abrir, Gerenciar e Crescer!