Micro e pequeno empreendedor: 7 passos para se tornar grande

Micro e pequeno empreendedor: 7 passos para se tornar grande

Todo micro e pequeno empreendedor deseja fazer com que a sua empresa cresça, certo? Mas ao olhar para as grandes potências do seu segmento, alguns se sentem intimidados e acham que jamais conseguirão chegar a esse ponto. Pois bem, eu estou aqui para lhe dizer que um dia você pode, sim, chegar a competir com os grandes negócios.

Mas, para isso, alguns passos precisam ser seguidos para garantir o sucesso da sua empresa. Caso contrário, você enfrentará sérios transtornos que podem impedir o alcance desse objetivo.

Quer saber quais passos são esses? Então continue a leitura e conheça os principais!

1. Tenha um bom planejamento financeiro empresarial

Contar com um bom planejamento financeiro é essencial para fazer uma empresa crescer. Então, micro e pequeno empreendedor, você precisa garantir a ordem de suas finanças para não deixar que seu empreendimento fique endividado, pois as dívidas são o primeiro passo para levar o negócio à falência.

Nesse sentido, você precisa ter um valor adequado para o seu capital de giro, pois, no início de suas atividades, é bem provável que a empresa não tenha os recursos necessários para arcar com todos os compromissos. Depois disso, é preciso ficar atento ao fluxo de caixa, separando todas as receitas fixas das variáveis, bem como as despesas.

2. Busque capacitação constante

 

 

Embora você provavelmente já tenha formação superior na área administrativa, é importante buscar uma capacitação, pois isso garantirá o seu crescimento profissional e, consequentemente, o do seu negócio.

Além disso, a busca pelo conhecimento assegurará que você fique por dentro das tendências do mercado. Dessa forma, a sua empresa conseguirá se destacar da concorrência e, assim, conquistar mais consumidores.

Uma boa ideia é participar de eventos importantes, como palestras, workshops etc. Nesses lugares, você poderá realizar, inclusive, parcerias relevantes que contribuam para desenvolvimento saudável da sua empresa. Além disso, hoje em dia, você tem canais gratuitos de aquisição de conhecimento de qualidade, como o fórum online para empreendedores, onde você envia as suas dúvidas relacionadas a gestão e empreendedorismo, e então profissionais da área te ajudam a resolver.

3. Invista em ações de marketing

Se você, micro e pequeno empreendedor, acha que o investimento em marketing não é tão importante, prepare-se para encerrar as atividades mais cedo do que imaginava. As ações de marketing são fundamentais para garantir o sucesso de uma empresa.

Atualmente, com o grande avanço da internet, o marketing digital se tornou uma ótima ferramenta para realizar campanhas com mais eficiência.

Além disso, é possível mensurar o Retorno sobre Investimento (ROI) com mais precisão, pois as ferramentas online possibilitam que você tenha conhecimento sobre o número de visitantes do seu site, quantos consumidores fecharam as vendas, quantos abandonaram o carrinho etc. Assim, é possível identificar onde se está errando, o que dará insumo para criar estratégias para aumentar as vendas.

4. Fique atento ao estoque

O estoque é fundamental dentro de uma empresa. Se ele for administrado de maneira incorreta, o setor de vendas e o financeiro podem sofrer sérias consequências.

O de vendas porque o produto precisa estar em estoque quando o cliente solicitá-lo. Já o financeiro porque as compras de última hora fazem com que o micro ou pequeno empreendedor perca o poder de barganha com seus fornecedores — o que dificulta a oferta de descontos melhores.

Sendo assim, é essencial que você faça uma boa gestão de estoque, verificando sempre a validade de seus produtos. Dessa forma, também será possível estabelecer um período para realizar suas compras, facilitando a negociação com os fornecedores.

 

5. Não misture as finanças pessoais com as da empresa

Você já deve ter lido sobre isso em outros artigos aqui do meu blog, mas esse é um ponto que faço questão de ressaltar. Não fazer a separação das finanças pessoais e empresariais é um erro que pode, sim, comprometer a continuação dos trabalhos da sua empresa.

Isso porque essa atitude provoca um descontrole financeiro muito grande, impossibilitando que você tenha conhecimento exato de suas receitas — o que prejudica seus investimentos e, principalmente, o pagamento de suas obrigações.

Nesse sentido, a primeira coisa que precisa ser feita para impedir esse tipo de situação é criar um pró-labore. Dessa forma, você consegue organizar sua vida financeira pessoal e também evita fazer retiradas esporádicas do caixa da empresa.

6. Cuide da precificação dos produtos

A precificação dos produtos é outro fator muito importante e que não pode ser realizado de maneira errada. Sendo assim, é fundamental que você leve em consideração todos os custos de aquisição das mercadorias para, então, definir sua margem de lucro.

Lembre-se de sempre pesquisar o mercado, a fim de verificar se o preço estipulado não está muito acima do que os seus concorrentes estão oferecendo.

No caso de descontos, por exemplo, um novo cálculo precisa ser feito para que você não ofereça reduções muito exorbitantes, as quais podem prejudicar o seu fluxo de caixa.

7. Faça uso da tecnologia

Eu deixei o investimento em tecnologia por último porque é muito importante que você entenda que todos esses passos que apresentei até agora podem ser otimizados com a ajuda de softwares que facilitam a rotina das empresas.

A tecnologia possibilita que os processos repetitivos e burocráticos sejam simplificados, permitindo que você e seus colaboradores tenham mais autonomia para focar em outros pontos importantes da empresa.

O setor financeiro, por exemplo, é beneficiado em diversos sentidos, pois a tecnologia permite um controle exato de todas as receitas e despesas. Além disso, os relatórios são emitidos de maneira ágil e com precisão. Assim, a tomada de decisão se torna mais facilitada e acertada, beneficiando o negócio como um todo.

Viu só como todo micro e pequeno empreendedor pode crescer? Se você realizar todos os processos corretamente e focado no seu objetivo, a sua empresa terá a oportunidade de crescer e, inclusive, se destacar em relação a grandes empreendimentos do mesmo segmento. Com trabalho duro e persistente, todos os seus sonhos podem se tornar realidade!

E então, gostou de conhecer esse passo a passo? Está preparado para colocar minhas dicas em prática e alcançar o sucesso? Para ter acesso a mais conteúdos importantes e educativos como este, assine agora a minha newsletter e receba conteúdos exclusivos no seu e-mail!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Assine nossa newsletter

Aprenda mais recebendo em primeira mão conteúdos que vão te ajudar a empreender usando os melhores padrões do mercado. Receba no seu e-mail o que você precisa saber para Planejar, Abrir, Gerenciar e Crescer!