Veja como planejar a gestão financeira de bares e restaurantes

Veja como planejar a gestão financeira de bares e restaurantes

Já mencionei em outros textos a necessidade de contar com algumas estratégias para que seu negócio esteja em constante crescimento, não é verdade? Além de todas as ações a serem executadas, é preciso se preocupar com a gestão financeira empresarial, pois é a partir dela que a empresa pode aumentar o patrimônio e obter mais lucro. Assim, será possível atingir as metas pré-estabelecidas com mais facilidade. Foi pensando justamente nesse assunto que preparei este post, para que você entenda como é possível planejar a gestão financeira de bares e restaurantes com mais eficiência. Boa leitura!

Modifique o cardápio sempre que necessário

O cardápio é o principal fator que contribuirá para o sucesso ou não do seu bar ou do seu restaurante. É por meio dele que o seu cliente vai definir se deseja ou não frequentar aquele local. Assim, é possível treinar seus colaboradores para aprimorar sempre que possível os pratos oferecidos e conquistar o seu cliente para que haja a fidelização do público.

No entanto, fazer modificações pontuais é sempre necessário. Imagine só o seu cliente encontrar sempre as mesmas alternativas: certamente, em algum período, elas não mais atenderão às suas expectativas, concorda? Estude com a sua equipe quais seriam os ajustes necessários para que haja melhoria em seu atendimento e em seus produtos.

Estude, ainda, divulgar essas modificações feitas para que haja um aumento do fluxo de clientes. Poste em suas redes sociais com fotos chamativas e descrições convidativas. Dessa forma, a gestão financeira de seu bar ou restaurante terá números mais satisfatórios.

Corrija o preço de venda dos produtos

Existem alguns sinais que demonstram a necessidade de ajustar os preços de seu bar ou restaurante para que estejam de acordo com a atual demanda do mercado e possam oferecer o lucro necessário. Para isso, sempre recomendo que verifique como está o preço da concorrência: isso é muito importante, meu amigo empreendedor, pois permitirá que você gerencie diferenças que realmente vão impactar suas vendas.

Além disso, busque entender se os preços de seus produtos realmente suprem os gastos verificados — se você não conseguir atingir o lucro que atenda às suas demandas e, ao mesmo tempo, esteja de acordo com o mercado, certamente impactará sua gestão.

Por fim, tenha uma estratégia bem delimitada para oferecer descontos em períodos sazonais. Datas comemorativas, como Dia dos Namorados e Dia dos Pais, são excelentes para atrair mais público e ao mesmo tempo aumentar o lucro. Mas isso precisa ser estudado e estar registrado em um plano de ação que envolva o seu atual panorama.

Crie ações preventivas para reduzir o desperdício

Todo gestor de bar ou restaurante precisa se preocupar em definir ações preventivas para reduzir o desperdício. Isso impactará diretamente sua gestão financeira, assim como contribuirá para melhores resultados. Sendo assim, crie fichas técnicas para cada prato servido em seu bar para que você tenha uma ampla noção sobre o que é consumido em seus produtos.

Também é necessário planejar de maneira adequada para que produza apenas o necessário, além de armazenar bem os insumos, evitar erros operacionais e utilizar a tecnologia como aliada.

Por meio dela, é possível controlar o estoque e entender quais são aqueles itens mais necessários, bem como aqueles que precisam ter uma saída mais rápida para evitar perda. Assim, é possível traçar ações promocionais para evitar o desperdício de produtos que estão próximos ao vencimento, da mesma forma que auxiliará em sua gestão de compras.

Controle o fluxo de caixa

Para uma gestão financeira de bares e restaurantes eficiente, o controle do fluxo de caixa deve ser priorizado. Apesar de ser tão importante para o andamento das atividades de um negócio, muitas vezes é deixado de lado pelos gestores. Isso é nada mais do que ter uma visão mais clara sobre as entradas e saídas financeiras de seu empreendimento, para que se tenha uma análise mais efetiva e entenda se ele está positivo ou negativo.

Caso esteja em baixa, o gestor pode estabelecer ações concretas que aumentem esses resultados. Mas, afinal, empreendedor, como fazer esse controle?

Inicialmente, tenha um período bem definido para que você faça um cronograma de suas atividades. O ideal é que seja diário, mas, caso não seja possível, realize ao menos uma vez por semana.

Conheça, ainda, o saldo de todas as despesas de seu restaurante, além de registrar contas a pagar e a receber, bem como analisar e corrigir seu planejamento financeiro sempre que necessário.

Negocie com fornecedores

Seu negócio vai aumentar os resultados a partir do momento em que você começar a enxergar seus fornecedores como parceiros! São eles que contribuirão para que os pratos tenham qualidade e para que haja em estoque o necessário, visando sempre oferecer o prometido aos seus clientes.

No entanto, é preciso analisar se essa parceria não está saindo um pouco acima do esperado. Nessas situações, estude os fornecedores com os quais você mantém contato, analise a concorrência dessas empresas e, caso necessário, negocie valores para que façam ofertas mais atrativas ao seu negócio. 

Demonstre que você é parceiro, que deseja continuar fechando negócio com aquele empreendimento e que é possível estabelecer uma relação contínua se a conversa for positiva.

Utilize softwares de gestão

Mencionei brevemente a necessidade de contar com a tecnologia como aliada. Ao utilizar softwares de gestão, é possível ter um controle muito maior sobre diversas áreas de seu negócio. Entre elas, o estoque, o desenvolvimento de seus funcionários, assim como o fluxo de caixa.

É possível ter uma visão mais ampla sobre a administração de seu bar e restaurante, além de analisar relatórios que permitirão traçar estratégias mais específicas para o seu segmento, contribuindo para resultados mais positivos.

E então, amigo empreendedor, o que achou das minhas dicas sobre gestão financeira de bares e restaurantes? Ao seguir as orientações apresentadas, certamente você terá uma noção mais abrangente sobre os resultados, permitindo com sua equipe possa entender quais pontos permitem melhorias e quais são aqueles que são positivos do ponto de vista gerencial.

Se você quiser acompanhar de perto outros conteúdos como este, é só me seguir nas redes sociais. Estou no FacebookInstagramLinkedIn e YouTube.

Rodrigo Ventura
Rodrigo Ventura

Rodrigo Ventura é engenheiro e mestre em venture capital. Foi sócio de uma gestora de fundos por 10 anos. É o fundador da Escola do Financeiro, onde ajuda empresas a terem um financeiro mais estratégico. Foi o primeiro mentor da rede Endeavor em Santa Catarina, é instrutor do SEBRAE, da aceleradora Darwin e é embaixador de gestão financeira do projeto ACATE Startups.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Assine nossa newsletter

Aprenda mais recebendo em primeira mão conteúdos que vão te ajudar a empreender usando os melhores padrões do mercado. Receba no seu e-mail o que você precisa saber para Planejar, Abrir, Gerenciar e Crescer!